Adesivo de poliuretano é usado na confecção de passaportes super seguros

21 01 2014

REFERÊNCIA
DO PAPEL. Desenvolvimentos na produção de passaportes. Disponível em: <www.dopapel.com> Acesso: 20 Jan 2014.


A Austrália está fazendo alterações na forma como são produzidos os passaportes, documentos que exigem um elevado cuidado na proteção contra a falsificação. A empresa australiana Kugler-Womako GmbH desenvolveu uma variante da sua máquina de produção de passaportes, a PassPort 2, a que chamou PassPort2 PUR, que usa um adesivo hot-melt de poliuretano em vez das colas tradicionais e uma máquina completamente nova para a inserção do chip do passaporte. A cola PUR é aplicada ao material a ser processado em temperaturas entre os 130 e os 140°C.

Passport-australia

Um sistema de controle de quantidade de cola utiliza uma câmara de detecção de calor para controlar a aplicação uniforme da camada de adesivo sobre a zona a ser colada. Enquanto isso está esfriando, o adesivo de poliuretano é submetido a um processo químico e endurece completamente. Maior segurança é um aspecto dos produtos encadernados que suportam temperaturas extremas e umidade, sem perder nenhuma força adesiva. Outra é que o vínculo não pode ser separado sem destruir os materiais colados.