Empresa lança colchão com tecnologia inédita

8 12 2010

REFERÊNCIA:
KNEBEL, Patricia. JORNAL DO COMÉRCIO – RS. Empresa lança colchão com tecnologia inédita. Disponível em: <http://jcrs.uol.com.br>. Acesso: 07 Dez 2010


Novos aditivos na espuma deixam produto mais confortável

A empresa gaúcha Cia. do Sono desenvolveu uma tecnologia inédita que passará a ser usada em algumas linhas de colchões que comercializa a partir da unidade de Glorinha. O uso de novos aditivos na produção da espuma trouxe como resultado um produto mais confortável e seguro.

Os modelos antigos de espuma continham compostos aromáticos e tóxicos, que prejudicam os operadores na fábrica e o ambiente. O objetivo desse desenvolvimento foi eliminar esse tipo de tratamento e criar um perfilado – espuma que é colocada em cima do colchão – a partir de poliuretano flexível, mas que mantivesse a principal característica do látex: a alta densidade.

Foram 12 meses de estudos e desenvolvimento de protótipos. A primeira etapa foi a de analisar a ação dos reagentes e, depois, desenvolver em escala-piloto até chegar à versão comercial. Uma das linhas de pesquisas seguida foi a de desenvolver um produto cuja composição se assemelhasse à das palmilhas de tênis.

Esse tipo de produto usa poliuretano e deve ser antimicrobial, não pode rasgar e precisa ter alta durabilidade. “Analisamos diversos materiais e verificamos que usar essa estrutura das palmilhas seria uma alternativa viável para chegarmos ao nosso objetivo”, observa o gerente de produção e de Pesquisa e Desenvolvimento da Cia. do Sono, Ronei Alvarenga.

Com base nisso, a empresa passou para a produção de espuma em bloco. Também foram feitas modificações para se chegar a um produto ainda mais confortável que a palmilha. Na composição estão amaciante de espuma, aditivo antirrasgo e de elasticidade e antichama, para retardar a queima caso aconteça algum acidente. Também fazem parte da composição um aditivo natural antimicrobial e antirraios ultravioleta, que ameniza o amarelamento do colchão caso ele fique no sol. “Isso tudo garante um colchão capaz de proporcionar alto conforto aos consumidores, bem como maior durabilidade, suporte e desempenho”, comenta Alvarenga.

Outro diferencial é a densidade elevada, de 60g/cm2, e o alto desempenho em situações extremas, enquanto os colchões produzidos com tratamento à base de látex possuem espumas com densidade entre 28 e 38g/cm2. Quanto maior a densidade, melhor é o suporte à pressão exercida e mais elevada será a resistência ao rasgo.

Alvarenga destaca ainda os ganhos para o ambiente que a introdução dessa tecnologia traz. A estimativa é de uma redução de corte de mais de 100 árvores/mês para a extração do látex natural. “A intenção é ter um produto com impacto ambiental zero, mas com desempenho e propriedades físicas iguais ou superiores aos colchões produzidos com látex de seringueira”, justifica Alvarenga.

Os funcionários da empresa também já sentem o reflexo de trabalharem com um produto sem solventes aromáticos, que são extremamente tóxicos. Para manipular o látex, o trabalhador precisa utilizar insumos prejudiciais à saúde. Por outro lado, poliuretano não utiliza esses compostos.

A Cia. do Sono já está vendendo este novo produto nas 14 unidades espalhadas pelo País. A empresa também possui know- how na produção de colchões terapêuticos e tecnologia do sono e com mais de 20 anos de atuação no mercado. Os colchões com a marca Cia. do Sono estão sendo comercializados em Angola e também na cidade de Boston, nos Estados Unidos.

Anúncios

Ações

Information

One response

10 05 2012
João Batista de Aguiar

Senhores,
Estamos implantando uma Fábrica de Colchões no Sistema Penitenciário/DF,e precisamos de sugestões a respeito dos insumos utilizados na confecção de colchões de espuma, e também nome de empesas que vendem esses produtos.
Obrigado.
Aguiar/Funap.
61-32340625
92132718.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: